Acrise pela qual atravessa o PSB tem deixado os socialistas preocupados com o futuro do projeto iniciado pela legenda na administração da Paraíba. O deputado estadual Buba Germano disse ontem (03), a uma emissora de rádio da capital que não haverá um racha definitivo, como alguns pensam. “Não vai haver racha”, disse, citando a trajetória do símbolo do partido o girassol, flor que simboliza o grupo: “Quando o sol nasce, ele sai girando, acompanhando o sol. Depois volta para a posição original”.

O parlamentar do PSB, disse que a poucos dias esteve reunido individualmente com João Azevêdo e Ricardo Coutinho. “Posso até ser um sonhador”, relevou sobre a possibilidade de ainda haver uma pacificação no PSB. Noutro ponto quando questionado sobre a possibilidade de ter que escolher um lado, ele disse: “Tenho muito respeito pelos dois. Não foi colocado isso por nenhum dos dois”, disse Buba.

Para Buba, um diálogo entre os dois e o presidente nacional do PSB poderia trazer tranqüilidade ao partido que governado a Paraíba pelo 9º ano e que deve disputar a PMJP em 2020. “Não vejo nenhum problema que não possa ser solucionado com eles dois. Só tem uma maneira: são eles dois chamarem o Siqueira Campos, e criarem uma alternativa para que a gente faça essa travessia das eleições municipais”, argumentou Buba.

Buba tratou com naturalidade os debates internos nos partidos e ressaltou que todas as siglas são passíveis de erros estratégicos. “Não vejo nada grave que não possam, essas duas pessoas [João Azevêdo e Ricardo Coutinho] darem um passo atrás pensando na construção das eleições de 2020”, concluiu Buba.

 

PBAgora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here